6 de maio de 2016

Resenha: Um, dois e já, de Inés Bortagaray

Olá galerinha tudo bem com vocês? Hoje vim aqui falar do livro Um, dois e já.

Sabe aqueles livros que você fica tão encantado e que se perde no passar das páginas e que você nem percebe quando termina? Pois é, esse é um deles e o melhor, ainda me deixou com um gostinho de quero mais no final da leitura.

Um, dois e já é narrado por uma menininha e a história se passa todinha dentro de um carro, onde ela e a família (seu pai, sua mãe, e seus três irmãos) estão viajando. E o melhor de tudo é que a autora não trabalhou o passado da nossa menininha, ela simplesmente iniciou a narrativa dentro do carro, e deixou o passado para nós leitores construirmos da forma que acharmos melhor.

Como eu disse o livro é narrado por uma criança, e foi a melhor narrativa que achei do tipo, pois a autora deixa bem explicito que é uma narradora pequenina, repetindo palavras e nunca dizendo o nome dos personagens, inclusive nem o dela mesmo. 


A história é simples, sem nada de mais, apenas acompanhamos a viagem em família que está sendo um tanto tediosa para a menina, que vai devaneando durante a maior parte do tempo, contando o tempo para chegar a hora de tomar seu lugar na janela, contando postes, vacas e tudo mais que encontrar pela estrada. Além de ir falando um pouco de sua família, sua relação com os mais novos, a amizade que tem pela mais velha, e claro sobre seu pai e sua mãe que vão nos bancos da frente. E também acompanhamos os medos da jovenzinha durante a viagem, o de acontecer um acidente, o de o pai perder o controle, o medo de estar em uma viagem longa e cansativa.

Enfim é um livro simples e ao mesmo tempo fantástico, que nos enche de nostalgia e dá uma apertadinha no coração no final da leitura. Eu li ele em dois dias, mas dá para ler em uma única sentada, eu apenas queria prolongar o aconchego que estava sentindo durante a leitura.

Indico para todo mundo, é uma leitura bem gostosinha.

TÍTULO: Um, dois e já
AUTORA: Inés Bortagaray
PÁGINAS: 96
EDITORA: Cosac



26 comentários :

  1. Oi Davidson,
    Parece ser um livro bem diferente, usando um tema não tão comum. É tão bom ler um livro em que a narrativa condiz com a idade do narrador/personagem. Ao ler sua resenha fiquei lembrando das viagens em família da minha infância, eu também ficava observando tudo esperando o tempo passar mais rápido. Dica anotada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulher é incrível!!! E leia sim, depois me conte o que achou!

      Excluir
  2. Ah, eu quero! Adoro narrativas doces e descritivas assim. Essas crianças costuma ser um amor.
    Já quero ler, me conte onde posso encontrá-lo.

    Abraço.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Homi leia, e não sei se será fácil encontrar o físico já que a editora fechou, eu comprei o e-book!

      Excluir
  3. Oi Davidson. Tudo bem?

    Gostei da sua resenha, principalmente porque não conhecia este livro e achei interessante sua dica literária. A leitura deve ser rápida e agradavel por ter poucas páginas e narrado por uma criança. Anotei a dica.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim é bem agradável, leia e depois me conte o que achou <3

      Excluir
  4. Olá Davidson, eu gostei bastante da sua resenha.
    Não conhecia o livro, e não seria um livro que eu leria, se não lesse a sua resenha. Pela leitura ser rápida, fiquei curiosa e já coloquei na minha lista para próximas leituras.
    Beijos,
    Denise
    www.embarcandonleitura.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie, Davidson!
    Eu não conhecia esse livro, mas parece ser uma delicia de história, daquelas delicadas e doces. Afinal, uma viagem pelos olhos de uma criança ganham novos tons.
    Bjus
    Anna - Letras & Versos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulher é incrível, e a visão da viagem feita pela menininha é bem simples, mas muito encantadora e me senti lá, ao lado dela!!!

      Excluir
  6. Oi, não conhecia o livro, mas achei bem fofo e já quero ler, só pelas suas palavras na hora de resenhar, que passou a ideia de ser um livro maravilhoso e prazeroso de se ler, onde nos deliciamos com a narrativa de uma garotinha. Amei demais.
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é muito bacana de ler ele, um amorzinho!!

      Excluir
  7. Eu já li essa história, achei bem fofa.
    A leitura é super leve e bem rápida, nada cansativa, a gente não para até acabar né?!!
    Adorei sua resenha, acho que falou tudo :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oiii, tudo bem????
    Não conhecia o livro, mas gostei de conhecer =D Acho que eu iria curtir bastante, gosto muito de livros infantis, narrados por crianças e tudo o mais. Acho que essas obras possuem uma leveza que outros livros não alcançam :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem uma leveza que encanta demais, eu me apaixonei!!

      Excluir
  9. Oi Davidson!

    Ah, eu sei bem como é ler uma história e ficar com aquele gostinho de quero mais, mas não sei se sentiria isso com esse livro. Costumo gostar de livros narrados por crianças justamente por tornar a leitura leve, mas nossa, uma história que se passa toda dentro de um carro? Não sei não.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com

    ResponderExcluir
  10. Olá! Imagino que tenha sido um pouco "tensa" a leitura, pois quem nunca teve medo de acontecer um acidente na estrada, de o motorista perder o controle, etc, né? Mas quando isso é narrado por uma criança, imagino que o peito dê aquela apertada!
    Que bom que o livro te deixou com gosto de quero mais, vou procurar para ler.
    Abraço!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é bem tenso e fiquei um tanto ansioso pelas cenas que a menininha narrava, adoreii!!

      Excluir
  11. Um livro curtinho, mas pelo visto, se torna uma leitura incrível, gosto de obras assim que são leves, mas ao mesmo tempo envolventes, fiquei interessada em saber mais da protagonista, é revelado o nome, ou não? Achei interessante esse detalhe, dá um pouco de mistério ao enredo. Enfim, acredito que por ser um livro curto, vai cair como uma luva depois de uma leitura extensa e bem densa, com certeza quero conhecer Um dois e já. :)

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulher não é apresentado os nomes não kkkk, fiquei bem curioso para saber mais um pouco!! E olha leia sim e depois me conte <3

      Excluir
  12. Oi Davidson, lendo sua resenha tenho a impressão que não gostaria da narrativa, apesar de você ter gostado bastante eu achei que parece meio insosso e na maioria das vezes não gosto de narrativas infantis, então eu passo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita sério que não gosta de narrativas com criança?

      Excluir
  13. Oi, tudo bem?
    De vez em quando eu gosto de ler livros infantis. Gostei da história e vou deixar a dica anotada.
    Achei interessante a premissa dela, pois é bem diferente e fiquei curiosa.

    Beijos

    ResponderExcluir