22 de março de 2016

Resenha: Onze Semanas, de Ernani Lemos

Olá galerinha, tudo bem com vocês? Hoje vim falar de um livro que é incrível.


TÍTULO: Onze Semanas
AUTOR: Ernani Lemos
PÁGINAS: 248
EDITORA: Chiado

Meg, uma jovem restrita e fechada a relações afetivas, é bióloga e dedica a maior parte de seu tempo a pesquisas. Desde nova viveu separada de sua mãe e do seu irmão, e o motivo da separação foi algo doloroso e impactante, que fez com que ela criasse desprezo pela sua mãe e nunca mais se falaram e nem tiveram contato. Mas com seu irmão ela ainda mantém uma relação, que mesmo se vendo pouco eles se amam, e através dele que Meg fica sabendo de sua mãe e vice-versa.

Claúdia, mãe da Meg, se encontra em um leito com uma doença terminal e está com os dias contados para viver, mas ela quer realizar um sonho que vem a atormentando a um certo tempo, que é ver sua filha e poder pedir perdão pelo motivo da separação das duas.

Mas um dia o destino das duas resolve se cruzar novamente, e Meg faz uma visita a mãe que está no leito da morte. Um constrangimento se forma ali, de um lado a filha com seu sentimento de abandono e desprezo por parte da mãe, e do outro a mãe com sua culpa imensurável e seu amor materno. Logo as duas entram em um acordo, onde Meg contará a sua mãe como foi sua vida após a separação e em troca Claúdia falará das suas vivências, através do seu diário, tentando justificar o motivo de abandono da filha e outras coisas marcantes na vida das duas.


A relação de mãe e filha foi a que mais me emocionou, às vezes eu me sentia perdido em meio ao mar de emoções criado pelas duas, me sentia dividido e sem saber se apoiava a filha que estava com os pensamentes espedaçados pelos pesadelos dos anos que passara sozinha ou se ficava do lado da mãe que se sentia perdida em meio ao sentimento de culpa, mas em outros momentos eu torcia para que o amor fosse restabelecido entre elas. Literalmente esse livro me tirou da zona de conforto e me jogou em um mundo intrigante, onde eu revivi cada ação que eu fiz com meus entes queridos e assim pude repensar e mudar meu modo de agir. Esse livro eu levarei para a vida.

Mas o livro não é só sobre a relação conturbada de mãe e filha, temos outros momentos felizes que serviram de alívio para Meg. Temos o desenvolvimento de uma amizade entre Meg e seu vizinho, que era extremamente engraçado e compreensivo, e isso ajudou bastante na quebra dos momentos pesados da narrativa.

A escrita do autor é fluida e intrigante, e não me deixava largar o livro por nenhum momento, pois ele vai revelando os mistérios mais íntimos da mãe e da filha e criando novos. E quando o livro chegou na reta final eu não aguentei, lia uma página e me abraçava nele por um minuto, e assim em meio as lágrimas que eu consegui concluir essa leitura.


E a edição está linda e ajuda bastante para que seja uma leitura leve e rápida, com capítulos curtos alternando entre os relatos de Meg e as páginas do diário de Claúdia que continha os segredos mais profundos sobre sua vida.

Um livro sobre o amor mais intenso de mãe e filha, sobre as consequências de nossos atos, mas acima de tudo um livro sobre o poder do perdão. O autor está de parabéns pelo seu romance de estreia, foi uma leitura linda e de acabar com o coração.

Um pouco sobre o autor (aqui).

Então é isso galerinha, espero que tenham gostado e até a próxima.




26 comentários :

  1. Parece um livro bem pesado emocionalmente, lerri futuramente! www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitoooo pesado Ana, bastante emocionante e leia sim, você vai amar.

      Excluir
  2. Nossa quantas emoções, parece ser um livro muito bom.
    A sua resenha me chamou a atenção para esse livro, irei adicioná-lo a minha lista de leitura.
    Abraços,
    umrascunhoamais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulher adiciona emoções ai, por que esse livro é de acabar com corações ahauhauah.

      Excluir
  3. Oi Davidson.

    Essa relação entre mãe e filho sempre mexe com meus sentimentos durante a leitura e não sabia que este livro abordava este tema. Acho que será uma leitura que gostaria de apreciar, principalmente após ler sua resenha. Vou anotar a dia pois quero conferir está história.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, você vai amar. E a relação fora abordada de uma forma incrível.

      Excluir
  4. Não faz muito meu gênero, mas gostei bastante da resenha... Talvez eu dê uma chance futuramente, já que você elogiou tanto a escrita, que acabou me dando vontade de conhecer a história.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim a escrita dele é incrível, dê uma chance vai que você gosta.

      Excluir
  5. Oi, já vi booktubers falando sobre esse livro e falando muito bem dele. Ele parece ser um livro bem carregado emocionalmente e deve nos fazer refletir sobre varias coisas, como nossa relação com a familia, amigos, o perdão, entre outras coisas.
    bjus
    http://recantoliterarioeversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito lindo mesmo, trata de todas essas coisas ai.

      Excluir
  6. Olá!
    Não conhecia esse livro, nem o autor, pareceu bem interessante. Espero ter a chance de conhecê-lo melhor.

    PS: Que foto linda essa.

    www.modaeeu.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito interessante, e esse livro é o de estreia, mas o autor tem uma escrita fabulosa.
      E obrigado!!!

      Excluir
  7. Conheço pouco dessa editora, ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas parece ser super interessante a história. Não sei se ele será uma das minhas futuras leituras, porque estou com uma pilha kkkk, mas bom conhecer :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um livro muito emocionante, e o trabalho editorial está incrível.

      Excluir
  8. Davidson assim você acaba com meu sentimental cara, senta aqui e vamos conversar! Que livro maravilhoso é esse, amei muito sua resenha! Imagina quando eu for ler, porque com certeza irei procurar para ler, será que acho em e-book? Beijos e parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senta aqui mulher que conversamos agora ahuahauha, obrigado flor, fico feliz que tenha gostado. Tem sim em e-book.

      Excluir
  9. Oi Davidson!
    Menino, eu adoro livros que falam sobre relacionamentos familiares conturbados, sempre me prendem bastante. Livros com histórias emocionantes sempre acabam comigo. Sou uma chorona de carteirinha e prevejo que esse livro vai ser daqueles que iria me fazer derramar muitas lágrimas.
    Fico muito feliz em ver autores nacionais despontando e mostrando tanto talento. Se esse primeiro livro dele já foi tão incrível, imagine os próximos?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é esse autor vai bombar neh!!! Simplesmente incrível a trama criada entre mãe e filha, ainda estou maravilhado aqui.

      Excluir
  10. Oi.
    Tudo bom?
    A temática desse livro parece ser bem forte e acho que conhecendo melhor a história das duas, ficaria dividida, pois acho que a mãe deve ter um motivo muito forte para fazer o que fez, mesmo eu nunca concordando que abandonar um filho seja uma boa opção e me coloco no lugar dessa filha.
    Fiquei curiosa para o desenrolar.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulher e bota forte na temática do livro, me emocionei demais, realmente ficamos com o coração partido na hora de escolher.

      Excluir
  11. Mas mano que livro é esse, eu achei que não iria ser nada, olha eu julgando pela capa e sua resenha me surpreendeu, agora já foi pros desejados.
    Certeza que tbm vou abraçar e chorar com o livro
    http://marifriend.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAuahuahauh é simplesmente incrível neh. Mas o bom é que a capa é simples e no final você fica extasiado com o desfecho, tô abismado aqui ainda.

      Excluir
  12. Oi Davidson, tudo bom?
    Não sei o que falar aqui, só sentir rs
    Juro que olhando assim pro livro eu não daria nada, nem leria, mas graças a sua resenha ele ta indo pra listinha do "quero ler". Eu sou muito apegada a minha mãe então sempre gosto de ler livros com esse tipo de relação, mesmo esse em que a relação é conturbada. Torço pra que as duas tenham se entendido e se perdoado no final.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieeee, tô bem e você? Apenas leia esse livro e irá sentir uma infinidade de sentimentos.

      Excluir
  13. Olá!
    Eu amo livros que tem capítulos curtos, isso foi a primeira coisa que me atraiu na obra quando terminei de ler sua resenha. A segunda, claro, foi a trama sobre um relacionamento conturbado entre mãe e filha. Achei uma história envolvente e fiquei curiosa para saber mais sobre essa relação.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee, capítulos curtos são vida neh!!! E sim a emoção é garantida viu com esse livro!!!

      Excluir