12 de março de 2016

Resenha: Nada, de Janne Teller

Olá galerinha, tudo bem com vocês? Hoje vim falar de um livro muito bom.


TÍTULO: Nada
AUTORA: Janne Teller
PÁGINAS: 127
EDITORA: Record

Como falar de um livro que me deixou aflito, emocionado, assustado, e acima de tudo maravilhado? Vou tentar convencer vocês a lerem o livro Nada, mas saibam que minhas palavras não chegarão nem perto da engenhosidade que é esse livro.

Tudo se passa em uma escola aparentemente normal, tendo foco em uma turma da sétima série onde do nada um dos alunos, Pierre, se levanta e grita que nada na vida tem significado, que ele não deve fazer nada e é isso que ele passa a fazer, exatamente nada.

Isso deixou sua turma um tanto perplexa, que com o passar do tempo começou a questionar o colega de classe que passava os dias encima de uma árvore gritando que nada tinha significado e atirando frutas e caroços neles. Então eles decidem que tem que fazer Pierre descer daquela árvore, tentam derrubá-lo, atirar outras coisas nele, e um monte de coisas, todas em vão. Até que alguém teve a brilhante ideia que para ele descer eles tinham que encontrar o significado.


A partir daí entramos em mundo irracional e impulsivo onde um grupo de "crianças" começa uma busca incansável pelo "significado" e vão fazendo uma pilha com coisas de valores de cada um deles.

Aqui então começa a aflição do livro, a parte que partiu meu coração e me mostrou a realidade do mundo, me mostrou a verdadeira faceta dos seres humanos, a parte que meu coração pesava a cada palavra lida, a parte que me emocionei e senti medo.

As crianças perdem a consciência e a inocência, e se mostram cruéis e capazes de fazer qualquer coisa, apenas para que Pierre desça da árvore. Mas com o passar do tempo isso se torna grande demais, saindo do foco do Pierre e se tornando algo maior e mais sombrio.

A narrativa se dá por meio de Agnes uma das colegas de classe, mas o interessante da autora é que ela não focou apenas nos sentimentos e nas opiniões dela, ela escreveu de uma forma impressionante que me possibilitou ver a história de vários lados.

Esse livro foi assustador, macabro, reflexivo e emocionante. Me fez pensar sobre o porque de eu estar aqui, sobre qual o significado da vida, me fez pensar sobre nossas limitações, me fez repensar a vida. E você, já sabe o verdadeiro significado da vida? Já sabe até onde a engenhosidade humana é capaz de chegar? Conhece seus limites?


Outra coisa que tenho que citar é que o livro não possui um ar sobrenatural. O medo que eu tive durante a leitura foi das crianças, sim dos seus pensamentos e atitudes insanas e individualistas.

 Livro mais que obrigatório a todo tipo de leitor, principalmente para quem gosta de livros marcantes.

Então é isso galerinha, espero que tenham gostado e que leiam esse livro, ele é bem curtinho :). E quem já leu deixa ai nos comentários o que achou, até a próxima.




8 comentários :

  1. Olá, Davidson!
    Esse livro parece ser mesmo intenso e cheio de lições. Fazendo-nos pensar e refletir sobre certas coisas. Adorei a resenha! Talvez eu leia por ter uma estória boa e por ser curtinho haha
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Nath. Mas um aviso: esse livro vai mexer demais contigo mulher hahaha!!

      Excluir
  2. Nossa que livro lindo e curtinho né, amei a premissa deve ser muito emocionante! Adorei, abraços! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado querida e é sim bem emocionante.

      Excluir
  3. Davidson, que livro hein??? Você conseguiu prender minha atenção logo no primeiro parágrafo. Pela capa imaginava uma história bem diferente, mas pelo o que você contou essa parece ser uma daquelas histórias que tiram a gente da zona de conforto, e nos obriga a nos confrontar com coisas duras, mas verdadeiras. Me interessei, mas para um outro momento. Por agora quero livros me tirem da realidade e não me joguem ainda mais nela...hahaha


    Beijos

    http://meninasnaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim ela nos tira da zona de conforto e joga umas coisas na nossa cara, é incrível.

      Excluir
  4. Acho que preciso ler!!! E é bem curtinho, né? Mais um motivo. <3
    Adoro esse YA, e minha vibe pra isso tá ótima, no momento.
    Adorei a resenha e nem tem como dizer que não vou ler.

    P.S. Me dá seu Kindle?????? :\

    Abraços,

    Pedrim
    http://pedrimoliveira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAuhauahuah homi esse Kindle foi de presente kkkkkkkkkkk.

      Excluir