1 de março de 2016

Resenha: Sombra e Ossos, de Leigh Bardugo

Olá galerinha, tudo bem? Hoje vim falar do livro Sombra e Ossos.



TÍTULO: Sombra e Ossos
AUTORA: Leigh Bardugo
PÁGINAS: 288
EDITORA: Gutenberg

Alina, uma jovem orfã que vive sempre abandonada, vivendo com seu único e melhor amigo Maly, que por sinal também é sua paixão secreta. Eles dois passam os dias juntos, um sempre apoiando o outro e são como uma família. 

No universo criado pela Bardugo os jovens que não tem poderes são meio que deixados de lado, logo os dois amigos não tem e trabalham com os militares, Alina é cartógrafa e Maly é rastreador. O mundo está em guerra, e um dos lugares mais perigosos é a Dobra das Sombras, onde existem os Volcras (criaturas horrendas) que são do mal.

O grupo militar partiu para a Dobra para ajudar e logo os dois amigos vão juntos, lá acontece muitas coisas ruins e teve um momento que Maly ficou encurralado pelos Volcras, e Alina foi no impulso para tentar salvá-lo e acabou despertando algo que nunca tinha sentido, o poder.



A partir daí a história sofre uma baita reviravolta, Alina é levada a um centro de treinamento dos Grishas (que são os humanos com poderes, os superiores) e é literalmente arrancada de seu mundo de órfã indefesa, de seu mundo ao lado de Maly. Mas além de ela já ter que ser uma Grisha ela é uma das mais poderosas, com o poder capaz de terminar com a guerra  e salvar o mundo.

Esse foi um dos momentos que mais mexeram comigo, pois ela foi retirada de uma vida simples e colocada em outra muito complexa, onde ela tem o dever de salvar o mundo. Me senti angustiado e imerso nos pensamentos duvidosos e aflitos da Alina, ela estava perdida, confusa, e o pior, ela não acreditava em si mesma, achava que era uma farsa e que nunca poderia fazer o que todos achavam que ela era capaz.

Essa foi uma leitura rápida e fluida, a autora tem uma escrita leve que me deixava perdido em meio a história. Alina é a narradora, me dava angústia e anseio para que tudo chegasse ao fim logo, pois ela estava muito perdida no novo mundo, se sentia indefesa ao meio de tanto poder. Um livro cheio de reviravoltas que me deixava de queixo caído, nada clichê e simplesmente fantástico.



Um ponto bem importante que tenho que destacar é a evolução dos personagens, no começo temos uma Alina e no final temos outra, mas claro não fugindo da essência de cada um. E isso eu pude notar em muitos personagens, não só com a protagonista.

Outra coisa bem bacana do livro foi que em momento algum eu presumi o que ia acontecer no livro, eu pensava uma coisa e a autora ia lá e me deixava no chão, me mostrava que eu estava errado. E o final, meu Deus que que foi aquilo, me acudam kkkk.

E claro eu tenho que comentar um pouco sobre o cenário da trama. A Leigh criou um mundo completamente novo e fantástico, onde a magia é algo comum e as batalhas são recorrentes, definitivamente não deixou nada a desejar. Mas claro no começo a leitura é um pouco complicada por conta de ainda estarmos se adaptando ao novo e complexo mundo.




Verdadeiramente um dos melhores do ano, já quero ler a continuação o mais rápido possível.




4 comentários :

  1. Davidson, eu já queria este livro e agora com a sua resenha eu PRECISO dele para ONTEM! Me dá!!!!... hahahah. Eu não li o livro, mas acho que ficarei com pena de Maly, ele vai ser deixado de lado????


    Beijos

    http://meninasnaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AHauhauhau leia sim, você irá amar a leitura!!! E não vou dar spoiler não ahuahaua

      Excluir
  2. Esse livro tá implorando pra mim ler ele, e eu mega preciso! :D
    Adorei a resenha, e fiquei animado que você gostou.
    Significa que eu também vou curtir muito.

    Abraços,

    Pedrim
    http://pedrimoliveira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que gostou, fico feliz, e por favor leia logo esse livro ahuahau

      Excluir