9 de fevereiro de 2016

Resenha: Os 13 Porquês, de Jay Asher

Oi galerinha, como estão?
Antes de tudo quero agradecer a Kary por ter me emprestado e me incentivado a ler esse livro e a Danny por me indicar essa obra de arte tão linda.


TÍTULOS: Os 13 Porquês
PÁGINAS: 256
AUTOR: Jay Asher
EDITORA: Ática

Sinopse: Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker - uma colega de classe e antiga paquera -, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

Resenha: Os 13 Porquês, melhor livro do ano até o momento, talvez o melhor que eu já li em toda minha vida. Vou logo dizer que independente das minhas palavras vocês precisam ler e tirar sua próprias conclusões desse livro.

Tudo começa quando Clay recebe uma caixa de sapatos na sua casa, com 07 fitas cassetes dentro dela. E nessas fitas, bem ai que complica, tem as palavras de uma garota, Hannah, que se submeteu ao suicídio e gravou o porquê de ela ter se matado. E segundo ela cada um que ouvir a fita tem alguma coisa a ver com sua morte, e que após ouvir tudo ele deve passar para o próximo da lista.

Clay começa a ouvir as fitas, fica muito confuso de o porquê ele está ouvindo aquilo, sobre o que fez que contribuiu para que Hannah se suicidasse. Eles mal se falavam direito, mesmo assim ele continua escutando as fitas e vai conhecendo o outro lado de pessoas que ele conhecia, conhecendo os segredos mais profundos, perdendo a fé em muitos conhecidos, perdendo a fé em si mesmo.

Mas além de conhecer esse outro lado de conhecidos, ele vai conhecendo uma nova Hannah, uma Hannah que não está mais ali para ele poder desabafar tudo com ela, uma Hannah que se foi porque estava cansada do mundo, uma Hannah que ele nunca mais verá.

E assim a narrativa vai fluindo de uma forma leve e angustiante ao mesmo tempo, alternando entre as palavras sinceras de Hannah gravadas nas fitas e os pensamentos confusos de Clay, também temos alguns momentos de diálogos entre Clay e outros personagens.


O autor me fez perceber o quanto nós seres humanos somos frágeis, quebráveis. O quanto nós somos mesquinhos em não perceber o que o outro está sentindo em um simples olhar ou até mesmo em conversas. Em o quanto somos egoístas em pensar somente em nós mesmos e ás vezes nos mais próximos, deixando de lado aqueles que conhecemos pouco. Em o quanto de coisas que falamos sem pensar, deixando de perceber que afetou a pessoa que ouviu. Ele me fez repensar todo meu conceito sobre a vida e de como ela é fraca. Um livro que levarei para a vida.

Muitos que já leram talvez tenham achado os motivos de Hannah fracos. Pois bem, eu achei fortes e capazes de levar uma pessoa a fazer qualquer coisa, até mesmo tirar a vida. Esse livro deveria ser lido por todo mundo, pois o autor traz de uma forma simples e emocionante um assunto que deveria ser debatido frequentemente, o suicídio e suas causas.

Durante a leitura me senti imerso nas palavras de Hannah, em alguns momentos fiquei extasiado com tanta sinceridade que ela me transmitiu. Outros momentos me senti no lugar de Clay, sem saber o que fazer, ele em dúvida se continuava a escutar as fitas e eu na dúvida se continuava lendo o livro. Pois o autor trouxe à tona uma série de sentimentos que me deixavam intimidado, envergonhado, me fez perceber que muitas vezes já fiz coisas assim, como as que fizeram com Hannah. 


Enfim um livro que me emocioneu do começou ao fim, quando chegou no final não sabia o que fazer, eu estava sem chão. Preparem os lenços antes da leitura, e se joguem nesse livro. Mas lembrando que você ficará de ressaca literária sim!!! Mas vale muito a pena, após a leitura prepare um Sophie para ler, porque pelo menos para mim está funcionando.

Essa edição é linda, tem um mapa nas contracapas e as letras e as páginas contribuem para uma leitura melhor ainda. E cada capítulo é correspondente a uma fita, a um porquê de ela ter se suicidado. 

Mas muita gente me falou que é difícil encontrar ele para comprar, então lá vai algumas dicas:
- Procurem em Livrarias na sua cidade, Sebos e afins;
- Comprem em lojas online, já comprei e recomendo: Amazon, Submarino, Extra, Ponto Frio, Cultura, Saraiva;
- Segue abaixo duas lojas com ele disponível, recomendo as duas:
Saraiva -- Compre aqui.
Cultura -- Compre aqui.
- Pegue emprestado com alguém que tenha, eu mesmo peguei emprestado.

Então é isso galerinha, espero que eu tenha incentivado vocês a essa leitura e até a próxima. Quem já leu deixe ai nos comentários suas experiências com esse livro.




13 comentários :

  1. Realmente, custei encontra-lo para comprar com um preço acessível para mim hehe, mas quando encontrei não pensei duas vezes, e foi mesmo uma das melhores leituras que tive.
    Não tinha lido nenhuma resenha, só a sinopse mesmo me chamou atenção porque fico curiosa com esse assunto de suicídio, então durante a leitura eu pensei mesmo que muitas pessoas que lessem diriam que os motivos de Hannah eram fracos para tanto, assim como achei que Clay pensou às vezes também. Talvez se ele tivesse corrido atrás dela, poderia até salva-la, mas, sinceramente, quem faria isso? Principalmente depois que ela surtou na festa...
    Acho que o que acontecesse de errado com as pessoas é justamente isso, elas deixam os surtos dos outros para lá, porque não é com eles, não lhes interessa. Talvez mais vidas seriam salvas se as pessoas se importassem mais, entendessem e soubessem o que poderiam fazer. É claro que entendo que quando Hannah e Clay ficaram, ela já estava no limite, e talvez já não tivesse salvação. Não acho que seja culpa dele. A culpa é daqueles que falam da vida dos outros e inventam coisas por simples prazer de ver o outro sofrer. Esse tipo de pessoa é o que acaba com a auto estima das pessoas e causam esse tipo de tragédia.
    Bem, acho que me empolguei, mas é que esse livro me deixou com um buraco no peito como o de Hannah e o de Clay ao ouvir as fitas e se sentir impotente.
    O fato é que deveriam ler o livro sem julga-la. Se for pra julgar alguém, que julguem as pessoas das fitas, pensando o quanto eles têm culpa na morte de Hannah e no que estão fazendo errado na vida.

    Adorei a resenha. Beijos <3

    ResponderExcluir
  2. Não li o livro, ma me interesso muito pela discussão sobre suicídio, principalmente entre jovens.
    Acho um problema quando as pessoas fazem um julgamento moral se a pessoa teve ou não motivos para se suicidar, talvez os motivos não sejam "fortes o suficiente" porque a decisão pelo suicídio é um processo né?
    Achei a proposta interessante, de mandar vídeos para as pessoas que de alguma forma estiveram envolvidas, mas cria uma sensação de que elas poderiam evitar o que aconteceu. Acontece isso no livro? Sei lá, penso que a gente tem que aprender a lidar com isso sem manter esse ciclo de culpa, mas não li, então não posso dizer que o livro faz isso rs
    Vou procurar pra ler e, talvez, passar prós meus alunos.
    Isabela Sena

    ResponderExcluir
  3. Oi oi,
    Já vi falar muito sobre esse livro, nunca procurei saber muito sobre ele...
    Parece ser daqueles livros que você leva pra vida, como um tipo de reflexão!
    Quero muito ler ele, que sabe em breve.
    Beijos!

    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    não li o livro, já tinha lido resenha antes, é um livro muito falado e adoro a capa do mesmo, acho muito legal, trata-se de um livro que leva à reflexão, quero ler e em breve. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Já vi várias resenhas dele, e realmente é uma leitura forte. Eu ainda não li justamente por não ter encontrado onde vender. Li um parecido, o A Lista Negra, que tem a mesma pegada do suicídio, recomendo.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bem?

    Primeiramente, eu adorei a classificação das suas resenhas. rsrsr
    Eu já havia lido algumas resenhas deste livro por aí, mas de fato, nunca me despertaram muita vontade em ler a obra, apesar de achar o título muito interessante. Entretanto, a sua resenha me deixou instigada, comecei a vê-la com outros olhos. Espero em breve poder adquiri-la.

    Beijos,
    Dai | Blog Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  7. Davidson, já ouvi falar muito bem desse livro.
    E acho a premissa incrível.
    Não sei se acharei a melhor leitura, mas com certeza vou gostar.
    Seguirei sua sugestão e vou procurar.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  8. Já ouvi falar muito bem desse livro e da forma inusitada que a história é contada. Sei também que tem um filme, mas não assisti. Acho que é o tipo de leitura que você tem que estar no momento certo para entender.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pela Resenha!
    Ainda não tive oportunidade de ler, mas a curiosidade é grande! Está entre os meus desejados já faz algum tempo!

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. eu sou louca pra ler esse livro, e faz tempo kkkkkkkkk pena que não encontro num preço bacana, mas vou tentar esses links online...
    gosto da temática de suicidio, abordada na trama...
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Sou louca para ler esse livro. Principalmente eu amo livros que me deixam sem chão no final. Eu sinto que devo mudar tudo na minha volta, preciso fazer alguma coisa... Amo! hahaha.
    Assim que eu puder lerei esse livro. Só vejo elogios

    ResponderExcluir
  12. Ei, tudo bem?
    Eu quero muito ler esse livro, porque adoro a temática que ele propõe. Já vi tantos comentários positivos e negativos sobre ele, mas sei que é uma obra incrível e que vai me fazer refletir bastante. Adorei a resenha.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bem? Olha, já que você gostou de "Os 13 Porquês", é mais um motivo para conhecer "O Último Adeus". Ele vai ser publicado em junho pela DarkSide Books e ó, é incrível <3 http://www.darksidebooks.com.br/o-ultimo-adeus/

    ResponderExcluir