7 de fevereiro de 2016

Resenha: Todos os Nossos Ontens, de Cristin Terrill

Oi galerinha, tudo bem? Hoje vim resenhar para vocês esse lançamento da editora (parceira) Novo Conceito, intitulado Todos Os Nossos Ontens, e já posso ir afirmando que eu amei a leitura desse livro, apesar de algumas coisinhas...

TÍTULO: Todos os Nossos Ontens
AUTORA: Cristin Terrill
PÁGINAS: 352
EDITORA: Novo Conceito (Parceira!)


Sinopse: O que um governo poderia fazer se pudesse viajar no tempo?
Quem ele poderia destruir antes mesmo que houvesse alguém que se rebelasse?
Quais alianças poderiam ser quebradas antes mesmo de acontecerem?
Em um futuro não tão distante, a vida como a conhecemos se foi, juntamente com nossa liberdade. Bombas estão sendo lançadas por agências administradas pelo governo para que a nação perceba quão fraca é. As pessoas não podem viajar, não podem nem mesmo atravessar a rua sem serem questionadas. O que causou isso? Algo que nunca deveria ter sido tratado com irresponsabilidade: o tempo. O tempo não é linear, nem algo que continua a funcionar. Ele tem leis, e se você quebrá-las, ele apagará você; o tempo em que estava continuará a seguir em frente, como se você nunca tivesse existido e tudo vai acontecer de novo, a menos que você interfira e tente mudá-lo...

 
Resenha: Todos Os Nossos Ontens nos contará a história de Em e Marina, duas jovens com destinos bem chocantes. Num futuro não muito distante, a personagem Em vive trancada em uma sela de uma base militar secreta e tem como única companhia apenas a voz de um rapaz que ela conheceu há quatro anos e que está trancado ao lado da sua sela, o jovem Finn. Após encontrar uma misteriosa mensagem no ralo do banheiro, Em tem a certeza de que o seu fim não será ali.

A jovem tem a missão de destruir uma máquina do tempo criada há quatro anos atrás, porém ela nunca foi capaz de impedir a criação dessa máquina que eles chamam de Cassandra. Depois de quatorze tentativas fracassadas e listadas na mensagem encontrada no ralo, todos os retornos de Em para o passado a levarão à mesma situação: trancafiada e torturada por um homem sádico que ela chama de doutor. Agora Em é a única capaz de realizar a ultima instrução que a mensagem carrega – Você tem de matá-lo. Será que Em e Finn conseguirão impedir a criação de Cassandra? 
 
Marina, uma típica adolescente de dezesseis anos, apaixonada pelo seu melhor amigo, James, vê sua vida virar de cabeça para baixo após o irmão mais velho de James ser baleado em uma festa por motivos desconhecidos. Levando assim a James, o seu melhor amigo, e Marina correrem contra o tempo para descobrir o verdadeiro motivo desse atentado. O amor de Marina será capaz de proteger James de qualquer coisa?

Destruir o passado de uma pessoa para salvar o futuro de dezenas, será a coisa certa a se fazer?

Com uma escrita muito (mas eu digo muito) fluida, Todos os Nossos Ontens é o primeiro livro da autora Cristin Terrill que entrou com maestria no mundo literário. Tenho que afirmar que no principio a leitura me deixou um pouco confuso, mas depois do capítulo dez a autora começa a fazer revelações que me deixaram de queixo caído. 


Ah e faço uma pergunta a vocês: é possível ser capaz de odiar um personagem principal mais do que o próprio vilão da história? Foi o que aconteceu comigo com a Em, ela é aquele tipo de personagem que sabe que tem que fazer algo, mas que acaba não fazendo por motivos fúteis, o que me fez querer jogar o livro na parede algumas vezes (brincadeira!). Não posso afirmar se esse livro terá uma sequência, mas em minha opinião a autora só estragaria a história com uma. 

Então galerinha, tentei resenhar esse livro da forma mais neutra que pude, sem tentar soltar spoilers, quem já leu sabe o quão surpreendente a leitura desse livro é. Eu gostei bastante e o indico para quem gosta de livros cheios de ação, suspense e para aqueles que gostam de um boa distopia! Espero que vocês tenham apreciado a resenha, e que leiam esse livro! Apesar de ter falado desses pontos negativos da personagem, eu ainda dei cinco estrelas para ele no Skoob. Comentem ai o que acharam e até mais! Alisson. 





10 comentários :

  1. Alisson, não sei se sabe mas sou o maior fã de distopia do mundo! <3 <3 <3 Essa, assim que vi que iria ser lançada aqui no Brasil, já entrou na minha lista, e já esta no meu Kobo.
    Sua resenha me deixou ainda mais animado pra ler!!!

    Abraços,

    Pedrim
    http://www.pedrimoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa eu também sou louco por distopias e esse livro é muito bom! Leia logo. Abraços.

      Excluir
  2. Alisson, confesso que pulei algumas partes da sua resenha, porque comprei esse livro mês passado e quero surpresa...hahaha. Mas fiquei feliz que você gostou da história, já que estou empolgadíssima por essa leitura. Acho essa capa maravilhosa e amo distopias.

    Beijos

    http://meninasnaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, essa capa é linda, todo o livro é lindo. Abraços.

      Excluir
  3. Gente, eu preciso aumentar meu repertório quanto á gênero de leitura!! Na verdade, vontade eu tenho, mas além da preguiça reinar, eu sempre passo meu queridinho na frente, da vontade e da curiosidade.
    Beijos, Bru - www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrsrs, entendo, mas é assim mesmo, gosto espero que possa ler esse porque ele é muito bom! Até mais.

      Excluir
  4. Olá, Alisson!
    Amo distopias <3 Ainda mais cheia de mistérios e cenas de ação! Essa estória chamou bastante a minha atenção e pelo visto o autor foi esperto! Já vi muito isso de odiar o protagonista mais que o vilão haha
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi a autora arrasou com esse livro mesmo, odiei muitas ações da protagonista, espero que possa ler! Abraços.

      Excluir
  5. Já ouvi falar muito desse livro. E Essa é a segunda resenha que leio e me faz pensar: História boa,desenvolvimento ruim.Adorei sua resenha,achei honesta,mas não me ajudou em nada a decidir se o lerei ou não.Mas isso é culpa minha...ahaha.Acho que tô insistindo num "sim" quando deveria logo ser um "não.
    Não sei,to confuso...ahaha.

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Rsrs, então é um livro bem surpreendente, talvez com coisas boas ou ruins, depende do leitor! Mas leia, é uma leitura rápida, espero que goste! Abraços :D

    ResponderExcluir