22 de janeiro de 2016

Resenha: A Playlist de Hayden, de Michelle Falkoff

Olá galerinha, tudo bem com vocês? Hoje eu vim falar do melhor livro que eu li esse ano, sim! Melhor que Maze Runner - Prova de Fogo. Vamos lá!


TÍTULO: A Playlist de Hayden
PÁGINAS: 288
AUTORA: Michelle Falkoff 
EDITORA: Novo Conceito

Sinopse: Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente. Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava. A Playlist de Hayden é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.

Resenha: Tem alguns clichês? Claro que sim! Mas esse livro foi bem diferente de muitas outras leituras que eu já tive. Fiquei surpreso com cada linha, eu sempre imaginava algo e o livro ia lá e me surpreendia.

Nesse livro somos apresentados a dois jovens, Sam e Hayden, que são melhores amigos. De um lado acompanhamos Sam que tem família de baixa renda, onde sua mãe é enfermeira e vive de plantão e sua irmã tem uns namorados bem estranhos. De outro lado temos Hayden, que tem uma família podre de rica e um irmão bad boy, preconceituoso e arrogante.

Mas essas diferenças não influenciam de forma alguma na amizade dos dois. Convivem tão bem que parecem irmãos, um confia no outro e conta tudo, ou quase tudo, para o outro. Ambos são bem caseiros e amam um bom vídeo game e músicas bem peculiares, mas um dia Hayden resolve convidar Sam para uma festa. Sam acha aquilo estranho e mesmo assim vai com o amigo.

Bem, no outro dia temos algo inesperado. Sam encontra Hayden no seu quarto, com uma garrafa de bebida vazia ao lado da cama e um bilhete envolto em um pendrive com uma playlist de músicas. Mas o pior já aconteceu, Hayden está morto!!


Agora Sam está desnorteado e simplesmente perdido com o que o amigo acabou fazendo. Sem respostas e com algo que acabou deixando-o mais confuso, a Playlist. E para ferrar de vez com a vida de Sam aparece Astrid, uma garota com uma beleza bem peculiar, e que se diz ser amiga de Hayden.

Enfim gente chega de descrever os fatos, afinal não é para isso que estou aqui, só queria deixar algumas coisas explicadas para um melhor entendimento.

A narrativa se segue de uma forma bem leve, onde Sam tenta decifrar tudo que ocorreu: qual a verdadeira causa da morte? Quem é Astrid? E por que Hayden nunca falou sobre ela? Qual o papel da Trifeta do Bullying (irmão do Hayden e mais dois caras idiotas)? Qual o significado das músicas? E o que mais o atormenta, ele também é culpado pela morte do amigo?

A autora conseguiu decifrar todos esses enigmas de uma forma única e bem surpreendente, em nenhum momento eu me senti assim "Nossa! Já sabia que isso ia acontecer" e esse foi o diferencial desse livro. E claro, o final não podia ser mais surpreendente e mais aliviador, todos os enigmas foram decifrados e claro eu dei aquela "transpirada" com os olhos, ahauhaua. 

Os personagens também foram bem construídos e todos tem sua personalidade específica e seu jeito de agir. Também podemos perceber um certo amadurecimento de alguns, como por exemplo o de Sam que agora terá que conviver com o ocorrido, também temos um fortalecimento na relação de Sam com a irmã e isso foi bem legal.


O livro começa com a morte, e a partir desse momento que vamos conhecendo a relação dos dois amigos através das lembranças de Sam, ou seja, o livro todo é narrado por Sam. Isso tornou a história mais legal e mais cativante, pois vemos ele desvendar mistérios do amigo que ele nunca imaginava, e isso mexeu bastante com ele, mesmo assim ele sempre continuou amando o amigo.

Enfim, um livro de amizade, amor, músicas, vídeo-games, romance, culpa, vingança, companheirismo, superações e até um pouco de sobrenatural. Ouça a Playlist aqui.

Isso ai galerinha, espero que tenham gostado da resenha e que tenham animado vocês para essa leitura, porque esse livro é muito bom.



10 comentários :

  1. Olá, poxa temos opiniões distintas em relação a este livro! Li mas abandonei a leitura, achei bem monótono. Talvez a ressaca literária tenha influenciado nisso. AUSHUAS Lindas fotos!

    ResponderExcluir
  2. Olá! Lembro que eu perdi o prazo de solicitar este livro =/ e fico bem chateada por isso em toda resenha que leio, lembro o quanto preciso conferir esta leitura. Eu gosto dessas leituras reflexivas, ainda mais envolvendo jovens. Parabéns pela resenha.

    Conheci seu cantinho hoje e já adorei ver uma resenha de um livro tão desejado! Estou seguindo, é claro! Se quiser conhecer o meu cantinho tbm será super bem vindo!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  3. Olá, Davidson!
    Vejo muitos elogios a este livro e até cheguei a colocá-lo na minha wishlist. Porém, agora estou com o pé atrás pela própria trama mesmo do livro. Não sei, não me cativou o suficiente. Mas quem sabe um dia não leio já que fez tantos elogios? haha Amei sua resenha, muito bem escrita!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Olha, cá entre nós, sou muito apaixonado por livros assim, que tratam de temas de amizade, adolescência, vida e morte. Ah, e que ainda trata de músicas, claro!
    Adorei a resenha, principalmente porque me deixou com vontade de ler o livro ainda mais. Ele já está na minha lista.

    Abraços,

    Pedrim
    http://www.pedrimoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Só escuto elogios sobre esse livro. Mas o detalhe sobre os clichês me deixou com o pé atrás. Mas quem sabe quando o livro entrar em promoção?
    Amei sua resenha! Bj.

    http://umleitornooceano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Dav, vou deixar uma coisa clara pra você: Não faça mais esse tipo de coisa: "qual a verdadeira causa da morte? Quem é Astrid? E por que Hayden nunca falou sobre ela? Qual o papel da Trifeta do Bullying (irmão do Hayden e mais dois caras idiotas)? Qual o significado das músicas? E o que mais o atormenta, ele também é culpado pela morte do amigo?" - Como você joga isso na minha cara e não me da respostas? Oi? To de relacionamentos temporáriamente cortado com você!
    Sem beijos, Bru - www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir
  7. Noite!
    Eu já tinha lido sua resenha assim que postou, mas eu não queria comentar ainda porque eu estava lendo esse livro... Rss
    E meu Deus que livro lindo, fofo e surpreendente! Realmente nada do que aconteceu eu já imaginava que ia acontecer... Surpresas e mais surpresas!
    Gostei muito! (Do livro e da resenha Rs)
    Beijo :*

    ResponderExcluir
  8. Olá, desde quando vi esse livro pela primeira vez ele já entrou na minha WishList, quando li a sinopse achei um pouco parecido com outro que li e gostei muito que é Os 13 porquês, mas fiquei bem curiosa para ler esse livro por você ter dito que é surpreendente e nenhum momento sabia qual seria o desfecho, continuo curiosa por essa leitura!

    ResponderExcluir
  9. Eita que eu quero esse livro pra já!
    Não tinha visto nenhuma resenha ainda e simplesmente adorei.
    Parabéns pela resenha. Me convenceu bastante!
    Abraços.

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Davidson, já tinha visto muita gente falando sobre esse livro, mas nunca parei para prestar atenção ao que era dito. Com a sua resenha entendo o porquê dele ganhar tanta notoriedade. O livro parece ser muito bom! Não é muito meu gênero de leitura preferido, mas amei sua resenha.


    Beijos

    http://meninasnaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir