27 de dezembro de 2015

Resenha: Half Wild, de Sally Green

Oi leitores do nosso blog, estou aqui acabando de ler esse M A R A V I L H O S O livro e já correndo para resenhá-lo para vocês, e gente, sério mesmo, eu preciso do terceiro livro urgente!


TÍTULO: Half Wild
PÁGINAS: 332
AUTORA: Sally Green
EDITORA: Intrínseca

Sinopse: Na Inglaterra, onde duas facções rivais de bruxos dividem espaço com os humanos, Nathan é considerado uma abominação. Além de ser um mestiço — filho de uma bruxa da Luz com um bruxo das Sombras —, seu pai, Marcus, é o bruxo mais cruel e poderoso que já existiu. Nesse mundo dividido entre mocinhos e vilões, não ter um lado é pecado. E Nathan não pode confiar em ninguém. Em Half Wild, após descobrir seu dom mágico, mesmo sem ainda conseguir controlá-lo, Nathan se une aos rebeldes da Luz e das Sombras de toda a Europa para derrubar Soul, líder tirânico do Conselho, e os caçadores, cujo domínio se espalhou para além da Inglaterra. O Conselho de bruxos da Luz continua em sua cola e não vai parar até ele ser capturado e obrigado a matar o próprio pai, cumprindo a profecia. Nathan vai precisar encontrar um modo de conviver com seu lado selvagem, descobrir quem são seus verdadeiros aliados e — principalmente — quem é seu verdadeiro amor.
 
Resenha: Depois dos acontecimentos que finalizam o primeiro livro desta trilogia (Half Bad), o jovem bruxo Nathan finalmente consegue concluir a sua atribuição, que foi executada rapidamente com a ajuda do seu pai (um spoiler básico do primeiro livro, risos). Porém, Nathan ainda não consegue dominar com clareza o seu dom, que é um dos mais raros no mundo dos bruxos, ele possui o mesmo Dom do seu pai, Marcus, que é o de se transformar em diversos animais, porém tomando a forma inicial de um grande lobo.

Com o mundo dos bruxos na Inglaterra virando de cabeça para baixo, Nathan recebe um convite inesperado: fazer parte de um grupo de bruxos rebeldes da Luz e das Sombras, meio-sangues e meio-códigos. Esse grupo pretende derrubar o mais novo Líder tirânico dos Bruxos, Soul, e enfrentar os grupos de caçadores cujo domínio se espalhou para além da Inglaterra, e que conta agora com a liderança da meia-irmã mais velha de Nathan, Jessica. O conselho de bruxos da Luz continua a todo vapor na cola de Nathan e não pretende parar, até capturar o jovem meio-código e o obrigar a cumprir a profecia: matar o seu próprio pai.



A guerra entre os bruxos da Sombra e os bruxos da Luz está mais intensa do que nunca e Nathan precisará de toda a ajuda possível para conseguir concluir os planos que os rebeldes têm em mente, levando ele a procurar a ajuda do bruxo das Sombras mais temido de todos os tempos, seu pai. Será que o jovem Nathan conseguirá que Marcus trabalhe ao lado de bruxos da Luz? Conseguirá também controlar a tempo o seu dom? E será que Nathan descobrirá quem são seus verdadeiros amigos e mais, quem é o seu verdadeiro amor?

Desculpem-me por soltar alguns spoilers sobre o primeiro livro, mas eles são essenciais para entender a continuação desse segundo livro, que posso afirmar para vocês que é incrível. A autora conseguiu melhorar cem por cento no que deixou a desejar no primeiro livro, a ação desse livro é muito melhor do que a do seu antecessor, a escrita da autora continua muito fluída. O que acho que a autora ainda falhou nesse livro foi o fato de tentar um triângulo amoroso e o fato de colocar um “amor desesperadamente místico” (aquele personagem que se apaixona loucamente no primeiro olhar, sabe). Eu sou extremamente #TeamGabriel (quem já leu vai entender!). Ah e lembrando que o final desse livro, meu pai do céu, é P E R F E I T O, é daqueles finais que faz você desejar correr para começar o terceiro livro.

 


Então leitores, anseio que vocês tenham gostado da resenha, espero sinceramente que leiam, pois estes livros são perfeitos, eu dei cinco estrelas para Half Wild no skoob, mais que em Half Bad que dei quatro estrelas. Ah, vale ressaltar que existe um spin-off chamado de Half Lies, que é tipo um diário que conta os últimos momentos de vida de Michelle, irmã caçula de Gabriel, eu não li ainda, mas vou procurar para ler em breve. Esperando ansiosamente o lançamento do terceiro livro, que não tem previsão ainda (cara de choro). Feliz Natal atrasado para vocês, Feliz ano novo e até mais, a gente se encontra nos comentários. 



14 comentários :

  1. Olá Alisson!
    Na resenha do primeiro livro eu já tinha mencionado que fiquei louca pela história né? E lendo a resenha do segundo só fiquei mais ansiosa ainda pra ler...
    Só fico um pouco desanimada pelo fato de não ter o terceiro livro ainda. Não me aguento de curiosidade... :/ mas vou tentar encaixar nas leituras de 2016 :D
    Obrigada pela resenha
    Feliz Natal! Feliz ano novo! Repleto de realizações, bênçãos e livros!
    Beijo :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço, pena ainda não ter o terceiro mesmo, porém vamos torcer para que venha em 2016!
      Abraços. :D

      Excluir
  2. Oi Alisson, tudo bem? Eu falei na resenha passada que eu amei a capa vermelha, não foi? Eu tô louca de amores por essa verde agora! Linda demais! Curti a resenha, assim como a do primeiro livro. Nem precisa se desculpar pelos spoilers, ae tratando de continuação, é assim mesmo. A história parece ser mesmo boa, e não dá pra negar que é interessante. E voltando a falar das capas, já fico imaginando como será a do terceiro livro *-*

    Beijos, A Rosa do Príncipe!
    www.arosadoprincipe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, que bom que gostou, eu também! Esperando ansiosamente o lançamento do terceiro livro e matutando aqui como será a capa!
      Abraços. :D

      Excluir
  3. Olá!
    Confesso que não li a resenha inteira por medo de pegar spoilers do primeiro livro haha Mas estou louca para ler essa coleção, a história parece ser fantástica e cheia de surpresas! Amei!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, leia vale muito a pena!
      Abraços. :D

      Excluir
  4. Olá, Alisson!
    Lembro da sua resenha do primeiro livro e eu fiquei apaixonada pela capa, com essa ai não foi diferente! AUSHUAS
    Aliais, achei a lombada maravilhosa, aposto que da um super destaque na sua estante, hen?
    Tenho sérias dificuldades de ler livros que se tratam de fantasia, o único que li e realmente amei foi As Crônicas de Nárnia, acho que a escrita do autor tem que ser muuuuito boa para me cativar.
    Mas pela sua empolgação na resenha esse livro realmente parece ser muito bom mesmo, vou por na minha lista!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo Nárnia, porém esse tem uma linguagem mais jovem mesmo, leia vale a pena! Abraços. :D

      Excluir
  5. Alisson!!!! Tinha lido a resenha do primeiro livro, apesar de não ser fã d.o gênero fantasia (com bruxos - fiquei traumatizada com a saga Bruxos e Bruxas kkkk) eu adoro ler e adoro suas resenhas, porque ao menos conheço melhor os livros.
    Beijão, Bru - www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério, se decepcionou com Bruxos e Bruxas? Eu comprei os quatro livros, quero ler!
      Abraços. :D

      Excluir
  6. Todo mundo fala bem dessa série (e eu ainda não li!).
    Gostei demais da resenha (e preciso ler os livros). :)

    Abraços!

    Pedrim
    http://pedrimoliveira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Alisson, confesso que pulei umas partes da sua resenha ^-^. Mas é por um motivo nobre...hahaha. Eu comprei o primeiro livro recentemente e fiquei com medo de spoilers. A capa desse livro é linda demais! E pelo o que você falou o conteúdo também é muito bom!

    Beijo

    http://meninasnaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Adorei a resenha e tô super ansioso pra ler logo essa saga.
    Tá na minha wishlist há algum tempo e preciso começar logo.
    Adorei.Parabéns.

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir