23 de setembro de 2015

#59 RESENHA DE LIVRO (O Céu é logo ali)

Olá leitores, vim aqui resenhar para vocês mais uma obra nacional de umas das nossas novas autoras parceiras. Espero que gostem... e entendam. GO! 


TÍTULO: O céu é logo ali. 
PÁGINAS: 120
AUTORA: Lilian Farias
EDITORA: Modo Editora 



Sinopse: ''O céu é logo ali'' se desenvolve em um turbilhão de sentimentos, em facetas representadas por duas personagens e o que as cercam, com desejos, sonhos, lembranças, descobertas e inquietações marcando um encontro em que historias paralelas se unem pelo mesmo ideal: liberdade! Mas, o que é liberdade? O que aprisionava Dolores e Clarice para que o encontro pudesse salvar suas almas encarceradas? Ao adentrarmos nos mundos distintos dessas duas jovens, mergulhamos numa profusa miscigenação de anseios, lutas, estratégias de sobrevivência. A história de duas mulheres que unidas pelo destino resolvem aflorar todo fluxo de sobrevivência do ''ser'', do corpo, da alma, da mente, que advém quando se é permitido ser livre. Liberdade, essa, assemelhada a quem saboreia o voo das borboletas.


Resenha: O livro se desenvolve a partir da vida de duas mulheres, Clarice e Dolores, na qual ambas tem historias completamente diferentes, no entanto almejam a mesma coisa: liberdade. Dolores é uma mulher solitária, de baixa auto-estima, que não espera muito da vida. Trabalha em um bar como garçonete e sua única distração é um cliente esquizofrênico que tem um paixão por ela. Certo dia, Dolores resolve ''subir no salto'' e dar um novo rumo ao destino, tentando lhe permitir os prazeres da vida. Clarice, por outro lado, é o oposto. Linda, livre, vive cada momento como se fosse o último e tem tudo o que quer. Duas mulheres, vidas diferentes, muitas reviravoltas.

Bom, o enredo é desenvolvido de maneira rápida, porém complexa e de muito conteúdo. Não irei detalhar muito sobre a obra porque se não acabarei dando spoiler e isso acarretaria á minha cabeça em um palito de dente (eca), pois bem. Sou um pouco suspeita para falar desse livro pois adoro poesia, e é o que este livo tem de sobra. A autora, Lilian Farias, é dona de uma escrita magnífica e deixou bem claro isso, mas confesso que  senti falta de diálogos e narrativas maiores pois toda vez que me pegava totalmente entregue á leitura o cenário mudava rapidamente e isso me desanimou um pouco, mas nada que me fizesse parar de lê-lo. A obra ,da nossa autora parceira, é recheada de reflexões e sentimentos, nos  fazendo enxergar de uma maneira diferente  do que realmente se trata a liberdade e do que seriamos capazes para tê-la. A busca pela liberdade está presente em cada página, comparada desde quando a borboleta é uma simples lagarta até o bater de suas asas.


Não sei bem porque comecei por esse livro, já que a autora mandou dois, mas sinto que fiz uma boa escolha. Tive que voltar a leitura algumas vezes, para poder entender algumas coisas. Tentei ler no ônibus e não deu certo. Tentei ler ouvindo musica e também não deu. Como disse, é uma leitura um pouco complexa e requer bastante atenção. Talvez para algumas pessoas isso não seja difícil, mas para mim que me distraio fácil tornou-se uma tarefa um tanto complicada. Desde já, peço desculpas caso não esteja me expressando bem, só quem ler este livro irá entender. Não é fácil chegar aqui e escrever ''esse livro fala disso e disso, e é assim e assado'', pois depende muito do seu estado de espírito, alguns irão se sentir inspirados, outros irão sentir-se de outra forma e por ai vai. Não sei bem como estou me sentindo, talvez um tanto confusa, ou talvez em ''paz de espírito'' enfim.

Gostei bastante da história, claro que com a adição de algumas coisas, na minha opinião, talvez ficasse um pouco melhor. Não quero dizer modificações, e sim adições. Não deixo de recomendá-lo e acho que todas as pessoas deveriam ler este livro pois podemos encontrar nos personagens um pouco de nós. Desde já quero agradecer a autora Lilian Farias pela oportunidade e dizer que estou mega ansiosa para começar a leitura de sua próxima obra.



Bom pessoal é isso, espero que tenham gostado. Sei que não foi ''aqueeela'' resenha, mas foi o que eu pude fazer, pois como disse na resenha, estou um pouco confusa em relação a essa leitura. Mil desculpas! E então, alguém já leu ou ficou com vontade de ler esse livro? Deixem nos comentários. Beijão!

Aviso rapidinho: Eu adoro os comentários de vocês e tenho o maior prazer em responder a todos, mas tem algumas pessoas que estão comentando e eu não estou conseguindo responder, por isso em alguns eu dou apenas +1, mas fico com um aperto no peito e os dedos formigando para responde-los. Se der, ativem essa função para eu poder responder (se quiserem, é claro). Obrigada!





0 comentários :

Postar um comentário