14 de agosto de 2015

10 Curiosidades sobre o Sebo

Eai Lvi's (leitores viciados incuráveis), hoje preparei uma matéria bem rilex para vocês, afinal é sempre bom aprender alguma coisa todo dia. Espero que gostem.  

 

 Banca de livros antigos na Europa  


1) Onde surgiram?
Os primeiros sebos surgiram na Europa do século 16, quando os mercadores começaram a vender a pesquisadores papiros e documentos importantes da época.

2) Porque a loja de livros usados cham-se Sebo?
Existem várias histórias a respeito da origem da palavra Sebo, uma delas diz que no tempo em que não havia luz elétrica as pessoas liam á luz de velas (como vocês bem devem saber ) e conforme as velas iam derretendo  acabavam sujando os livros.  Outros relatam que alguns leitores por levarem os livros embaixo do braço acabavam sujando-os e deixavam-no ensebado (Essa eu ri alto aqui em casa!). 

3) Alfarrabistas
Pessoas que trabalhavam negociando ou colecionando livros eram chamados de Alfarrabistas. Que para melhor ser explicado, tem como sinônimo a palavra ''Ferro -Velho''.  No Brasil eles ficaram conhecidos como ''caga-sebos'' e depois de algum tempo ,as livrarias que negociavam esses livros usados, ganharam o nome de Sebo, que não era muito bem visto.

4) Alfarrabista Corajoso
Dizem que um alfarrabista de Pernambuco foi o primeiro a assumir e colocar este nome na porta de entrada de sua livraria, nos anos 50. 

5) Porque gostar do Sebo?
Muitas pessoas associam o sebo apenas a uma loja velha e cheia de livros empoeirados. Engana-se quem pensa desta forma. Em muitos desses locais, encontramos obras raras de vários autores consagrados da literatura brasileira e mundial, pois diferente das livrarias tradicionais, que estão cada vez mais restritas aos últimos lançamentos e aos Best-Sellers, os sebos tem uma oferta mais ampla de autores.

6) Ponto de encontro
Não, ninguém fica se pegando la dentro, no meio dos livros. Esses perfeitos espaços, com fileiras e mais fileiras recheadas com estantes de livros, são locais de encontro de muitos intelectuais, pesquisadores, estudantes, colecionadores e claro, dos amantes por obras do sebo.  Uma da melhores coisas do sebo, é que você pode entrar com uma girafa na cabeça , as pessoas irão olhar, mas logo depois voltarão a atenção para as fileiras e você será apenas mais um humano ali dentro, sem distinção de classe social ou algo assim.  

7) Mercado Crescente
O mercado desses estabelecimentos está crescendo cada vez mais. Com a onda dos heróis em alta e HQ's , os apaixonados por gibis correm para o sebo para conseguir os números especiais e primeiras edições que as vezes podem valer uma grana alta. (#Partiu)

8) Barato ou Caro? 
Bom, vai ai um pequeno engano de quem pensa que só por serem livros antigos e usados  o preço é sempre uma pechincha, existe aquela pechincha mas o determinante para isso depende muito da condição, editora e edição da obra. Sem falar nos que são autografados e os que levam encadernação de luxo, que podem ter um custo maior devido ao seu valor histórico. 

9) Ajudando o meio ambiente.
Se pararmos para analisar, os sebos são ecologicamente corretos. Trata-se da reciclagem. Pois, uma vez que o livro usado passa para outras mãos evita o desmatamento para confecções de livros novos. 
(Eu super adorei essa!)

10) Poxa, não sei onde tem na minha cidade. 
Calminha ai! Caso você tenha se interessado em ir á um sebo depois dessa matéria mas não tem a menor ideia de onde possa ter na sua cidade, sua vida mudará agora (Exagerei). Os sebos podem até vender coisas antigas, mas de antigo ele não tem nada. Já existem sebos virtuais, ou seja, lojas pela internet (Dãã, serio Ana?). 


Pois então é isso Lvi's, espero que tenham gostado da matéria. Não quis prologar muito para não ficar chatinha e vocês com sono.  Caso algum de vocês já tenham comprado algum livro em Sebos, aquele que você tanto procurava e só achou la ou até mesmo quem só entrou por curiosidade e acabou se encantando por alguma obra, deixe seu comentário.

                                                                           







0 comentários :

Postar um comentário