8 de agosto de 2015

#41 RESENHA DE LIVRO (Ratobúrguer)

Oi galerinha, estava em dúvida se fazia ou não a resenha desse livro, enfim decidi fazer e espero que gostem.
TÍTULO: Ratobúrger
AUTOR: David Walliams
PÁGINAS: 256
EDITORA: Intrínseca

Sinopse: “Conheça Zoe. Ela tem muitos motivos para ficar triste... Sua madrasta tem tanta preguiça, que não limpa nem a própria coriza. A valentona da escola inferniza sua vida, cuspir na cabeça de Zoe é sua diversão preferida. E para completar tem Burt, o vilão, com planos terríveis para seu ratinho de estimação. Que planos são esses eu não posso contar, mas pelo título já dá para imaginar!” Zoe não tem amigos, a madrasta não é nada simpática com ela e seu único companheiro, um hamster, morreu. Para piorar, o pai está desempregado e a valentona da escola vive para atormentá-la. Mas tudo melhora quando Zoe encontra Armitage, um ratinho muito fofo e inteligente, embaixo de sua cama. Um novo vilão, porém, chega à cidade: Burt, um terrível, malvado e assustador vendedor de hambúrgueres que usa carne de rato para cozinhar. Armitage, então, torna-se seu alvo. Cabe a Zoe salvar seu melhor amigo, e ela jamais vai desistir, não importa o que aconteça.

Resenha: Bom esse livro traz para nós a história da pequena Zoe, uma garotinha que vive com o pai (sorveteiro e traz sorvetes todos os dias para a filha) e a madrasta (ela é muito má, nojenta e vive comendo batatinha de camarão) em um apartamento de um prédio muito estranho, estuda em uma escola onde não tem amigos e vive sob pressão de Tina, uma garota nojenta e que se acha a valentona, que estuda no mesmo colégio e vive mal tratando a Zoe e além do mais é vizinha.
Zoe tem um certo amor por animais de estimação, principalmente pelo seu Hamster, ela sonha que um dia ele será um grande animal dançarino e para esse sonho se realizar ela já está batalhando, treina todos os dias seu Hamster, mas o pior acontece acabando com os sonhos da pequena Zoe: seu Hamster aparece morto.

Zoe passou de uma garotinha triste e com sonhos para uma garotinha triste e sem sonhos, confesso que fiquei com muita pena dela e que me dava vontade de entrar na história para poder deixar ela feliz. E para piorar seu pai perde o emprego e sua vida vira totalmente uma merda (me desculpem pela palavra, mas é isso), Zoe passa o dia em sua cama e um dia ela percebe algo se mexendo debaixo da cama e sim é um rato, pode-se pensar que isso foi uma benção neh e ela acaba se apegando ao bichinho, mas sua madrasta odeia animais e odeia mais ainda ratos, mesmo assim ela o adota e o batiza de Armitage, ela o leva para todos os lugares, inclusive para a escola. Então percebendo o potencial de fama no animalzinho ela começa treinar ele para dançar e por incrível que pareça ele está aprendendo alguns passos bem legais, agora Zoe se sente novamente uma sonhadora mas isso por pouco tempo.
Então há a chegada do grande vilão da história: Burt, um terrível vendedor de hambúrgueres que está atrás do pequeno Armitage, agora Zoe terá que se tornar uma heroína, será que seus sonhos serão novamente destruídos? Até que ponto Zoe consegue chegar para não perder seu único amigo? 

Bom acho que o que posso dizer desse livro é isso, me perdoem pelos spoilers.
Esse já é o terceiro livro que leio do David e digo que mais uma vez me senti impressionado com sua capacidade de transformar pequenos fatos em grandes histórias capazes de nos levar a um mundo onde tudo é diferente além de nos dar grandes aprendizados, aqui ele trata sobre a solidão de crianças e adolescentes nas escolas e sobre a capacidade de perdoar e o verdadeiro valor do amor e da amizade, mais um livro onde a protagonista é uma menina, acho que já sabem que eu amo histórias narradas por crianças, uma escrita bem leve e com uma ajuda muito boa aos leitores que são as artes espalhadas pelo livro que nos ajuda a dar uma direção caso nos perca na narrativa. Confesso que dos três que já li achei esse o menos impressionante por conta do título (se alguém já leu sabe que isso é um grande spoiler e para quem não leu também da para pegar um grande spoiler com o título) e da sinopse (pois ela conta muita coisa que podia ser deixada de suspense para o leitor), mas não desanimem pois o autor compensa tudo isso com o desfecho do livro, eu fiquei impressionado com o final, foi uma coisa que me surpreendeu mesmo.





Um comentário :