13 de agosto de 2015

#45 RESENHA DE LIVRO (Por Lugares Incríveis)

Oi galerinha, hoje vim aqui resenhar esse livro extremamente lindo e emocionante para vocês, então vamos lá...

TÍTULO: Por Lugares Incríveis
PÁGINAS: 336
AUTORA: Jennifer Niven
EDITORA: Seguinte


Sinopse: Dois jovens prestes a escolher a morte despertam um no outro a vontade de viver. 
Quanto Theodore Finch conhece Violet Markey em circunstâncias nada usuais, surge uma amizade única entre os dois. Cada um com seus próprios traumas e sofrimentos, eles se juntam para fazer um trabalho de geografia e acabam descobrindo muito mais do que os lugares incríveis no estado onde moram: a vontade de salvar um ao outro e continuar vivendo. 

Resenha: Tenho que começar falando a vocês que não queria resenhar esse livro, tenho medo das minhas palavras não fazerem jus ao quanto esse livro me encantou e emocionou, não garanto que essa resenha vá fazer isso com vocês, mas espero pelo menos aguçar a curiosidade por essa leitura. Se ainda não leram Por Lugares Incríveis, leiam, é uma leitura muito valiosa!
Jennifer Niven nos apresenta aqui dois adolescentes que estão tentando sobreviver a todo custo: Theodore Finch e Violet Markey. Eles se conhecem na torre do sino da escola, numa manhã, ambos motivados em tentar se suicidar, porém, eles impedem um ao outro de pularem lá de cima. É ai que começa a história mais linda de Young Adult que eu já li em toda a minha vida. 
Theodore ‘Aberração’ Finch é um adolescente extremamente problemático. Uma pensadora citada nesse livro fala que o segredo para sobreviver ao ensino médio é “ficar de boa”, porém nosso querido Finch era totalmente o contrário, desde muito novo ele se mostrava diferente de todos: ia todo pintado de vermelho para a escola (dos pés a cabeça), falando para umas pessoas que estava protestando contra o racismo, e para outras que protestava contra o consumo de carne (esse Finch, rsrs). Podemos perceber o quanto esse personagem é singular, encantador e muito louco.



Violet Markey possuía uma vida perfeita, nos moldes dos adolescentes: era popular, tinha seus amigos, um namorado lindo e um futuro já certo como escritora. Porém, como não temos controle sobre o nosso destino, um trágico acontecimento cai na vida de Violet, o que a deixa abalada e tentando descobrir como seguir em frente.
Violet e Finch por obra do destino começam a fazer um trabalho de geografia que tinha o intuito de fazer os jovens conhecerem os lugares mais inusitados de Indiana, estado onde eles vivem, e é ai que eles começam a viagem descobrindo muito mais do que apenas lugares incríveis: a vontade de salvar um ao outro e continuar vivendo.
O livro é dividido entre o ponto de vista dos dois personagens, portanto você pode conhecer mais sobre os dois e ter uma opinião mais específica sobre cada um deles. Os lugares que a autora cita são todos reais. Todo lugar que Violet e Finch visitavam eu ia procurando imagens na internet (é cada um mais lindo que o outro). Uma coisa que eu amei nesse livro foi a fluidez da escrita da autora, outro ponto que amei também foram as várias marcações perfeitas que fiz nele: 

“Mas não sou um conjunto de sintomas. Não sou uma vítima de pais horríveis e de uma composição química mais horrível ainda. Não sou um problema. Não sou um diagnóstico. Não sou uma doença. Não sou uma coisa que precisa ser salva. Sou uma pessoa.” – pag. 261;


E o que falar sobre a reta final desse livro? Tenho que assumir aqui: era eu terminando de ler esse livro e me acabando de chorar feito uma criança de colo, se pudesse daria 10 estrelas a ele. Ao ler Por Lugares Incríveis, espere grandes emoções, muitas descobertas emocionantes e o mais importante, prepare as lágrimas porque garanto que você irá se emocionar ao ler. Ah e lembrando que essa história linda já está confirmada para adaptação cinematográfica (ansioso!!!). 

Se você já leu Por Lugares Incríveis, e assim como eu se emocionou, comente aqui o que achou desse livro, e você que ainda não leu, só tenho uma coisa a falar: permita-se a leitura dessa obra de arte, vale a pena!









0 comentários :

Postar um comentário