11 de agosto de 2015

#43 RESENHA DE LIVRO (Mariela e o Livro da Escuridão)

Oi galerinha, vim aqui resenhar para vocês mais um livro nacional que todos deveriam ter a chance de ler, mas irei logo dizendo que é uma obra um tanto complexa, tanto que passei dois dias para fazer a resenha.

TÍTULO: Mariela e o Livro da Escuridão
PÁGINAS: 212
AUTOR: Marcelo Lemes
EDITORA: Giostri

RESENHA EXTENSA E DEVE SER LIDA COM CALMA E ATENÇÃO PARA UM MELHOR ENTENDIMENTO.

Sinopse: Quando o misterioso e temível Livro da Escuridão cai nas mãos de Mariela, a curiosidade se manifesta logo no primeiro instante, pois a capa do manuscrito é revestida de pele humana, e as páginas estão em branco. Isso perturba a garota. Ao ver que as tramas dele nascem, de modo peculiar, apenas nas trevas noturnas, ela se deslumbra. Ao descobrir-se protagonista do enredo que lê e no qual mergulha, sua vida se transforma em um misto de prazeres ocultos e incoerências caóticas. No entanto, tudo se torna ameaçador quando a leitura do texto demonstra ser capaz de matá-la a qualquer momento.

Resenha: Mariela, uma garota de beleza única, desejável e amante da leitura (OMG quero casar com ela).Mora com seus pais no interior e é uma grande sonhadora, no entanto, a perspectiva de vida de onde ela vive é muito limitada por isso ela resolve ''tomar um rumo na vida'' e se muda para a cidade grande e passa a morar em uma pensão.
Conservadora, porém de uma beleza singular não demora muito para que ela consiga um emprego em uma agência de modelos. Um romance se inicia e a garota logo começa a namorar um jovem de aparência, também, desejável. Até então, um lindo casal vivendo um romance de dar inveja. Um belo dia, ele a leva á uma cidadezinha para visitar um senhor. Chegando lá, Mariela depara-se com um homem em estado bem avançado de vida, mas o que realmente a impressiona é a estante recheada de livros daquele senhor. Ela fica hipnotizada com tantos livros á sua frente, mas um exemplar de capa rústica acaba chamando mais sua atenção. Mariela não contém a curiosidade e ao tentar pegar o livro é interrompida pelo senhor, que pega e tira-o de vista, escondendo o exemplar.
“É melhor ficar longe dele, são páginas venenosas. Muitos se suicidam depois de lê-lo.”
A garota ficou abismada com a reação do velho, porém o desejo de ter em mãos aquele livro misterioso apenas aumentou. Partiu da cidade e mesmo assim não conseguia pensar em outra coisa a não ser no bendito livro.


Após retornar da viagem, coisas bruscas acontecem. 1) Pega seu namorado com outra (não, ela não fez barraco); 2) Perdeu seu emprego e por último, o pior deles, estava em seu apartamento e escuta três batidas na porta. Ao abrir não encontra ninguém, apenas um simples embrulho. Ela pega o embrulho apressadamente e o abre, para sua surpresa, é um livro rustico com a capa de uma textura diferente, logo descobre que trata-se de pele humana, no qual o título chama-se ''O livro da escuridão''. Afoita, abre o livro para começar a ler, mas depara-se com páginas em branco (para a sua decepção). Frustrada e confusa com o presente misterioso, deixa-o de lado. Logo mais á noite algo fantástico acontece, o livro começa a brilhar e antes o que eram paginas em branco agora estão recheadas de palavras. Mariela fica encantada com a história e entrega-se tanto á leitura que demora a perceber de que ela é a protagonista. Lá ela tem amigos e vive em uma cidadezinha esquecida, onde todos são tristes pois por um ato misterioso que aconteceu a biblioteca da cidade fez com que ela fechasse a anos e o povo não tem nenhum acesso á leitura. Mas outra coisa também assombra o lugar: a Morte, e logo Mariela percebe que seu fim está próximo.
O impressionante é como Mariela se sente ao lê-lo, pois como o livro só pode ser lido a noite ela começa a passar noites em claro. A garota prende-se á narrativa de uma forma absurdamente viciante que muitos chegam a chama-la de louca. Quase pensei estar louco junto com ela. Mariela é uma leitura densa/pesada e foi o meu primeiro livro com uma pitada de terror. Gostei bastante e demorei mais para concluir a resenha porque fiquei sem palavras para essa obra.
A que ponto chega uma comunidade que não tem acesso à leitura? Como você se sentiria se tivesse lendo um livro onde você fosse o protagonista e o fim está próximo, você lutaria ou desistiria?


Porém requer uma leitura calma e concentrada, pois o livro é cheio de detalhes e mistérios (como vocês puderam notar), tanto que as vezes ficava perdido no meio de tantas informações. Cheguei a ler três vezes a mesma pagina por falta de atenção. Os mistérios a serem resolvidos foram muito bem planejados, você pensa em alguma solução e o autor vai lá e te surpreende mais ainda. Sendo o segundo livro do autor Marcelo Lemes, a forma que ele descreve as reações, conflitos e sentimentos de Mariela é incrível pois, nós leitores, nos sentimos literalmente parte do enredo. Sem mais delongas, esse livro me passou um grande aprendizado sobre a importância dos livros em nossas vidas, a verdadeira amizade e o amor. Além de mostrar que todos nós somos capazes de ajudar o próximo, mesmo que você corra risco de vida. Acreditem: nada do que eu falei foi spoiler, porque vão por mim essa é uma historia muito grande e bem desenvolvida. Desde já deixo meu pedido de desculpas a vocês e ao autor se eu não consegui atingir o objetivo da resenha.


Sobre a escrita dele eu gostei pois ele usa um vocabulário bem comum e de fácil entendimento, só deixo destacado aqui a questão da quantidade de capítulos que se eu não me engano são apenas três e isso deixa a leitura mais cansativa, além das páginas terem um texto imenso com uma fonte pequena, creio que isso talvez tenha me atrapalhado um pouco no desenvolvimento da leitura.




0 comentários :

Postar um comentário