3 de agosto de 2015

#39 RESENHA DE LIVRO (Harry Potter e a Pedra Filosofal)

Oiii galerinha, como alguns já sabem me propus a ler a saga Harry Potter até o final do ano e comecei faz uns três dias e já li o primeiro volume e vim resenhar para vocês. 


TÍTULO: Harry Potter e a Pedra Filosofal
PÁGINAS: 223
AUTOR: J. K. Rowling
EDITORA: Rocco



Sinopse: Em Harry Potter e a Pedra Filosofal, o leitor é apresentado a Harry, filho de Tiago e Lílian Potter, feiticeiros que foram assassinados por um poderosíssimo bruxo, quando ele ainda era um bebê. Com isso, o menino acaba sendo levado para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais, o terrível Lorde das Trevas. O menino de olhos verdes, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais. A fábula, recheada de fantasmas, paredes que falam, caldeirões, sapos, unicórnios, dragões e gigantes, não é, entretanto, apenas um passatempo. Harry Potter conduz a discussões metafísicas, aborda o eterno confronto entre o bem e o mal, evidencia algumas mazelas da sociedade, como o preconceito, a divisão de classes através do dinheiro e do berço, a inveja, o egoísmo, a competitividade exacerbada, a busca pelo ideal a necessidade de aprender, nem que seja à força, que a vida é feita de derrotas e vitórias e que isso é importante para a formação básica de um adulto.


Resenha: Bom gente eu Davidson me desafiei a si mesmo que leria a série Harry Potter até o final do ano, mas o problema é resenha para vocês, por conta de serem sequência e por ser difícil esconder os spoilers, porém espero que gostem, irei falar um pouco da história em si porém darei foco no que senti e percebi com a leitura.


Tudo começa na família Dursley que parace bagunçada demais, porém há a chegada de um bebê para piorar a situação, Harry Potter um menino franzino que perdera os pais em um "acidente automobilístico" segundo seus tios e que passara a dormir em um armário embaixo da escada, com tudo isso ainda vive com uma estranha cicatriz em formato de raio na testa. Aos onze anos Harry recebe uma carta de Hogwarts (escola de magia e bruxaria) o que mudou totalmente sua concepção sobre o mundo e sobre si mesmo, pois acaba descobrindo que é um bruxo e não um bruxo qualquer, ele é um bruxo famoso que meio que derrotou o lorde das trevas Voldemort.
Harry então finalmente se livra dos tios, logo de cara na escola tem quatro casas (Grifinória, Lufa-lufa, Sonserina e Corvinal) a qual os alunos passam por uma seleção que definirá sua casa, Harry foi para Grifinória (na minha opinião é a melhor). Mesmo depois de saber que é bruxo ele fica muito confuso pois todos os outros alunos o conhece por sua fama, sendo que ele não sabe nada sobre o magia, mas aos poucos ele vai aprendendo coisas mágicas e virando realmente um ótimo bruxo. 
Grifinória também recrutou outros bruxinhos, dentre eles Hermione e Rony que Harry já teve contato antes mas agora há o nascimento e o fortalecimento de uma das mais bonitas amizades da literatura escrita até hoje, eles viveram momentos felizes nesse livro mas também há os momentos de tristeza e batalha que mesmo com isso não abala a amizade dos três. Mas a grande sacada do livro digamos assim o que é o foco do livo é o mistério da Pedra filosofal (capaz de tornar imortal e rico quem tomar seu elixir) porém ela sumiu e está trancada no lugar mais seguro do mundo mágico, há então batalhas, volta de grandes bruxos, descobertas e muito mais ao redor de algo digamos assim "simples".
Bom gente acho que da história é isso.


Galerinha eu já tinha lido os três primeiros e confesso que na primeira vez não dei muita importância, agora nessa releitura (acho que é assim que se escreve) eu dei mais atenção ao livro em si, confesso que quando pegava para ler era difícil desgrudar do livro, pois J. K. me encantou mais dessa vez (deve ser por que eu dei mais atenção a ela) e me fez ver um mundo completamente diferente do que vivemos, não só pelo contexto mágico (Hogwarts é incrivelmente incrível "gostei dessa frase", seus castelos, ruas, lojas, becos, floresta), os animais também são espetaculares (amo o Fofo, confessem ele é realmente fofo), personagens (Dumbledore um cara hilário, tão poderoso e engraçado), mas não foi só isso que me prendeu a leitura, mas também como ela aborda o verdadeiro valor da amizade (isso é denso e constante no livro, você seria capaz de arriscar sua vida pelos seus amigos? pense bem, acho que seria difícil neh) e do amor (sim gente o amor, um sentimento tão poderoso quanto qualquer feitiço ou até mais).
Um livro maravilhoso que deve ser lido e relido por todos, quando digo "todos" são todos mesmo, sem restrição de idade e sexo, porém deve ser lido com um pouco de atenção eu mesmo quando li agora de novo me entreguei mais a história e me via lá junto com o trio maravilha (Hermione, Harry e Rony eles são demais neh?) nas aventuras e fugia desse "mundo" em que vivemos, me sentindo livre de tudo. Porém prepare-se com o final, mais uma vez um livro com um final arrebatador, digo sim que chorei com o final mas não de tristeza e sim de alegria de ter lido um livro tão bom assim, digamos que o final é encantador, até demais creio eu.


Atamente favoritado e recomendado a todos, e vocês já leram Harry Potter? 
Deixem sua opinião aqui nos comentários sobre esse livro, iremos adorar saber o que acha.





0 comentários :

Postar um comentário