29 de agosto de 2015

Impresso ou Digital?

Já vou começar dando aquele aviso pra ninguém me dar bronca. O objetivo desta matéria não é criticar ou favorecer os livros digitais e impressos, respectivamente, pois qualquer que seja o modo de leitura, um bom livro, sempre será prazeroso.
Querendo ou não daqui a um tempo os livros que, hoje, preenchem nossa estante passarão a ocupar a memória do nosso celular. Sei que muitas pessoas devem estar pensando ''Okay, mas idaí?''. Aconselho você a ler toda a matéria e descobrir.

Obviamente muitos de nós já nos deparamos com aquele livro que queremos tanto mas ao ver o preço encolhemos os ombros e saímos com o rabo entre as pernas da livraria. Depois de sair da depressão você se lembra que a internet já existe.

''Google-Livro Tal-Baixar.'' 

Para os amantes de livros físicos, que adoram o simples folhear, o cheiro da obra, sentir vontade de fazer a dancinha da felicidade a cada vez que compra um livro e ver sua estante ficar mais e mais cheia com aquelas belezuras será um tanto difícil de lidar com isso. No entanto, há quem goste de ler das duas formas mas acabam preferindo a maneira digital por ser mais prático. Temos como exemplo o aplicativo iBooks que simula fielmente o folhear das páginas e enquanto ao aroma dos livros algumas essências com cheiro de livros  já foram criadas e em um futuro não muito distante elas poderão ser ''adicionadas'' aos aplicativos de leitura.


Não paramos por ai, há também o fato do conforto da leitura. As obras digitais pesam em média 1,30 a 300g enquanto um livro normal, como Os Instrumentos Mortais e Guerra dos Tronos, chega a pesar em torno de 2kg. No momento da leitura ou na hora de carregarmos o livro essa diferença favorece aos formatos digitais, mas..  existem casos e casos, onde a leitura é feita por um tablet e isso acaba, muitas vezes, deixando a vista cansada mais do que no papel. 
Outro fator importante é a questão da acessibilidade, pois aqueles que tem maior grau de dificuldade de leitura ou para pessoas mais idosas a forma de leitura digital é uma ajuda e tanto para essas pessoas, que podem usufruir desde ao aumento da fonte ao zoom.
Estava lendo um pouco sobre esse assunto e vi que algumas pessoas comentaram sobre ''a compra'' dos livros e que os digitais são muito melhores porque não precisa nem sair do lugar para poder lê-los. Confesso que fiquei um pouco chateada com este comentário, pois na MINHA OPINIÃO quando alguém gosta de ler - de verdade - não importa se é preciso levantar a bunda do sofá e ir até uma livraria pois creio que isso não seja nenhum sacrifício. Assim como não vejo nenhum problema em ler online, apenas não gostei deste comentário.


Essa parte eu acho que vocês irão concordar comigo porque não deixa de ser uma realidade. Eu sou muito ciumenta com todos os meus livros, até mesmo com aqueles em que a leitura não foi muito boa. Tenho muito receio em emprestar meus ''bebês'' mas as vezes abro mão do meu ciúme e acabo emprestando para um amigo aqui e ali, mas isso não quer dizer que eu nunca tenha ficado furiosa ao emprestar um livro e ouvir aquela frase ''eu acabei perdendo o seu livro. Me desculpa.'' ou chegar em casa e vê a obra cheia de orelhas. Coisas assim não acontecem com livros digitais, afinal ninguém fala ''ei, me empresta seu celular para eu ler tal livro?''.

Bom pessoal, espero que tenham gostado dessa matéria tanto quanto eu gostei de fazê-la. Confesso que não sou muito adepta ao livros digitais mas isso não quer dizer que nunca fiz uma leitura em PDF ou em algum aplicativo. Mas e vocês? Preferem a leitura digital ou impressa? Deixem nos comentários.
                                                                           









0 comentários :

Postar um comentário