2 de julho de 2015

#25 RESENHA DE LIVRO (Dois Garotos se beijando)

Oi galerinha, tudo bem? Hoje vim aqui pra resenhar esse livro do David Levithan que eu simplesmente amei ler, espero que vocês gostem também... 


TÍTULO: Dois garotos se beijando
PÁGINAS: 224
AUTOR: David Levithan
EDITORA: Galera Record

NOTA: 5/5

Sinopse: Do mesmo autor do best-seller Will & Will e Todo dia. Do lado de fora da escola, ao ar livre, rodeados por câmeras e por uma multidão que, em parte apoia e em parte repudia o que estão fazendo, Craig e Harry estão tentando quebrar o recorde mundial do beijo mais longo. Craig e Harry não são mais um casal, mas já foram um dia. Peter e Neil são um casal. Seus beijos são diferentes. Avery acaba de conhecer Ryan e precisa decidir sobre como contar para ele que é transexual, mas está com medo de não ser aceito depois disso.
Cooper está sozinho. Passa suas noites em claro, no computador, criando vidas falsas online e seduzindo homens que jamais conhecerá na vida real. Mas quando seus pais descobrem seu passatempo proibido, o mundo dele desaba. Cada um desses meninos tem uma situação diferente. Alguns contam com o apoio incondicional da família, outros não. Alguns sofrem com o bullying na escola, outros, com o coração partido.
Mas bem no centro de todas essas histórias paralelas está o amor. E, através dele, a coragem para lutar por um mundo onde esse sentimento nunca seja sinônimo de tabu.

Resenha: Dois garotos se beijando, um dos últimos lançamentos do David Levithan no Brasil, apresenta-nos um livro totalmente diferente de tudo que li em 2015. Aqui vamos conhecer não só um casal de personagens com uma história comum, mas sim sete indivíduos, que possuem uma coisa em comum: gostar de pessoas do mesmo sexo.
Começamos com o ex-casal e agora bons amigos, Craig e Harry, que para ajudar a um amigo decidem tentar quebrar o Recorde do beijo mais demorado da história, e para isso eles devem passar exatamente trinta e duas horas, doze minutos e dez segundos se beijando, e as regras são: eles têm que ficar em pé, não podem "descolar" a boca um do outro (Para nada!) e tudo tem que ser gravado. Porém, eles decidem fazer isso no lugar mais público possível da cidade. Será que esses dois adolescentes conseguiram quebrar esse Recorde?
Levithan também nos apresenta o casal (Muito fofo) Neil e Peter, adolescentes que estão aos poucos descobrindo os prazeres de um relacionamento. Conhecemos Avery e Ryan, outros dois personagens que são bem marcantes nesse livro, eles se encontram pela primeira vez em um baile gay que foi oferecido pela escola do Ryan. Logo de cara começa a rolar um clima entre os personagens, que possuem características e histórias bem envolventes. Será que o segredo que Avery guarda pode influenciar os sentimentos de Ryan?
Outro personagem cuja história é contada é a de Cooper, adolescente que quase não possui amigos e que passa as noites em claro no computador, criando uma vida online, em salas de bate-papo, sites e apps, onde seduz homens que jamais conhecerá na vida real. Até que um dia o seu pai descobre esse passatempo proibido, e então o mundo dele muda completamente. 


Nesse livro também são narradas histórias de pessoas que já faleceram, que viveram situações tristes há muitos anos atrás, que são guias nessa narrativa, usados para esclarecer fatos no presente a partir de suas vivências no passado.
Esse é um livro que particularmente me fez repensar muito sobre a homossexualidade, preconceito sofrido por diversas pessoas diariamente. Como também nos mostra como o amor entre duas pessoas do mesmo sexo pode ser tão lindo.
Quando comecei a reta final desse livro, eu ficava segurando a respiração torcendo para todos os eventos darem certo, para que os casais que iriam se formar ficassem juntos e pessoas não cometessem as loucuras que talvez fossem cometer. David Levithan mais uma vez me fez chorar com outra obra magnífica dele, creio que esse livro deveria ser lido por todo cidadão seja ele heterossexual, bissexual ou homossexual.

Então leitores eu adorei a leitura desse livro, devorei ele em dois dias, é uma leitura leve e muito fluida, se você já leu algum livro do David Levithan deixe aqui o seu comentário. E se não leu ainda, corra e vá ler porque os livros desse autor são maravilhosos! 






Um comentário :

  1. David Levithan é um dos meus autores preferidos. Adoro o fato de seus livros conterem assuntos não tão abordados por outros escritores.
    De alguma forma ele consegue transcrever realidades dolorosas e angustiantes de maneira mais suavizada, mas ainda assim, sem retirar o peso dos problemas cotidianos em nossas vidas.

    ResponderExcluir