18 de abril de 2015

#04 RESENHA DE LIVRO (Quem é Você Alasca?)

Bom esse foi o melhor livro que já li do John Green, sério mesmo.
No começo é um pouco chato, mas vai cada vez mais ficando interessante até que você não consegue mais parar de ler. 


Quem É Você, Alasca? - o Primeiro Amigo, A Primeira Garota, As Últimas Palavras

TÍTULO: Quem é você Alasca?
PÁGINAS: 229
AUTOR: John Green
EDITORA: WMF Martins Fontes

NOTA: 5/5


Sinopse: Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras - e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o 'Grande Talvez'. Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, engraçada, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para o seu labirinto e o catapultará em direção ao Grande Talvez.

Resenha: O protagonista é Miles Halter um garoto anti social que estuda em uma escola comum até que decide mudar para uma escola interna, Miles adora ler biografias mas ama gravar as últimas palavras dos personagens biografados. Seu pai estudou em Culver Creek então Miles escolheu ir para lá, onde imaginava fazer grandes amigos.
Chegando lá conhece seu colega de quarto "Coronel" que o apelida de "Gordo", também conhece a menina mais linda e atraente da escola "Alasca" que tem um namorado. Com o passar do tempo se tornam melhores amigos, mas Gordo não queria apenas uma amizade com Alasca, queria algo a mais. Mas ela tem namorado e se amam muito por sinal.
Lá ele vive uma série de aventuras, que nunca tinha vivenciado nem tinha pensado em vivenciar, trotes, cigarro, bebidas, e muito mais. Tudo estava indo muito bem, até que um certo dia acontece algo inesperado (nessa parte chorei, chorei mesmo, kkkk) que mudará totalmente o rumo da história.

O que será que aconteceu de tão inesperado?
Terão um vida normal após esse evento?

Curiosos lerão o livro. 
Super recomendo, não só esse mas todos do John Green. 








0 comentários :

Postar um comentário